INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE
 –
 IFRN LICENCIATURA EM MATEMÁTICA- 2019.1 DISCIPLINA: DIDÁTICA PROFESSORA: ALEKSANDRA NOGUEIRA DE OLIVEIRA FERNANDES Ezequias Emanuel de Melo José Luiz de Melo Júnior João Paulo Barbosa Soares Kaio Eduardo da Silva Pereira Manoel Marcio de Lima Capítulo 4 O planejamento da prática docente. FARIAS, I. M. S. et al. Didática e docência: aprendendo a profissão. 4. ed. Líber Livro, 2014. O texto discorre sobre a prática educativa, planejamento de ações didáticas e pedagógicas da escola e o ato de planejar, foco principal deste texto. AS autoras basearam este capítulo em relatos colhidos no espaço da escola pública e privada. Está descrito, segundo os critérios das autoras os elementos constituintes do plano de ensino que são: Objetivo, Conteúdos, Metodologia, Recursos e avaliação. Segundo o texto estes elementos foram oriundos desses autores Fusari (1998), Martins (1989), Libâneo (1994), Veiga (1993), Lopes (1993) e Damis (1996). 4.1. A hora de planejar
 –
 da necessidade de superar o muro das lamentações. Este tópico aborda o Início de período letivo, planejamento escolar, semana pedagógica. Afirma-se que os professores, embora resistentes à participação nesses eventos, reconhecem a importância do planejamento. A opinião das autoras é de que a resistência, por parte dos professores brasileiros, ao planejamento srcina-se da prática pedagógica adotada na época da ditadura. Posteriormente, as autoras culpam a atual conjuntura sócio-político-econômica com um dos fatores restritivos ao planejamento. 4.2. A prática do planejamento
 –
 dos sentidos aos seus princípios. O planejamento do plano de aula é de bastante relevância haja vista, ser uma ferramenta que pode auxiliar e antecipar determinadas ações, por consequência, propiciar melhor desempenho na prática docente. 4.3. Momentos do planejamento
 –
 um continuum permeado de interesses.
 
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE
 –
 IFRN LICENCIATURA EM MATEMÁTICA- 2019.1 DISCIPLINA: DIDÁTICA PROFESSORA: ALEKSANDRA NOGUEIRA DE OLIVEIRA FERNANDES Este tópico inicia-se informando que o momento de planejamento da escola começa com a apresentação do calendário letivo. Conforme o caso, forma-se pequenos grupos de professores para organização do trabalho pedagógico. As autoras confessam estarem sendo severas e injustas nas descrições dos fatos sobre os momentos do planejamento; As autoras afirmam que o planejamento se inicia com a análise da realidade e posterior estruturação/sistematização da ação pretendida e de seus elementos. Concluí-se o tópico informando que o diagnóstico, planejamento, execução, avaliação e replanejamento são etapas do ato de organizar a ação didática do professor. 4.4. Os sujeitos do planejamento. Este tópico discorre sobre os principais agentes que atuam ou influenciam no planejamento. Tem-se: o Professor, importante na escola e sala de aula; a Direção e Coordenação Pedagógica, importante no planejamento institucional ou escolar, e; Os Técnicos e especialistas a serviço do poder público importantes na elaboração de projetos, programas e políticas educacionais. 4.5. Planejando as situações de ensino
 –
 elementos a considerar. Este tópico encerra o capítulo e discorre sobre os objetivos, conteúdos, metodologia e a avaliação da aprendizagem.
Os objetivos
 referem-se ao destino, resultado e propósito a serem alcançados;
os conteúdos
, que segundo as autoras permanecem impostos e tratados como verdades absolutas, neutros e isentos de pretensões políticas;
a Metodologia
, a qual as autoras entendem ser necessário romper com o modelo adotado na concepção tecnicista de aprendizagem e adotar um modelo que valorize o desenvolvimento da atividade intelectual; Por fim,
a avaliação da aprendizagem
, que consiste em um elemento do plano de ensino. Mossoró/RN, 18 de março de 2019.
of 2