Consumo e desempenho de caprinos confinados e alimentados com dois sistemas de arraçoamento, à base de silagem de capim elefante contendo bagaço de caju desidratado

Please download to get full document.

View again

All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
 5
 
  Consumo e desempenho de caprinos confinados e alimentados com dois sistemas de arraçoamento, à base de silagem de capim elefante contendo bagaço de caju desidratado
Share
Transcript
  II CONGRESSO DE FORR GICULTUR E P ST GENS UFLA/NEFOR- LAVRAS-MG 14 a 16 de Junho de 2007 1 Consumo e desempenho de caprinos confinados e alimentados com dois sistemas de arraçoamento, à base de silagem de capim elefante contendo bagaço de caju desidratado¹ Aníbal Coutinho do Rêgo  2 , Magno José Duarte Cândido 3 , Liandro Torres Beserra 4 , Abner José Girão Meneses 4 , Bruno Stefano Miranda Valente 5 , Roberto Cláudio Fernandes Franco Pompeu 6   1 Projeto financiado pelo FUNDECI / Banco do Nordeste. 2  Mestrando em Zootecnia. Bolsista da CAPES. email: anibalcr@gmail.com 3 Professor Adjunto, Dpto. de Zootecnia, Universidade Federal do Ceará. mjdcandido@gmail.com. 4 Estudante do curso de Zootecnia da Universidade Federal do Ceará. liandro_torres_so@yahoo.com.br 5 Mestrando em Zootecnia, UFC. e-mail: brunnostefano@yahoo.com.br 6 Doutorando em Zootecnia da UFC. Bolsista da CAPES. e-mail: roberto_agronomia@yahoo.com.br Resumo:  Avaliou-se o efeito de dois sistemas de arraçoamento sobre o consumo e desempenho de caprinos terminados em confinamento alimentados com rações cujo volumoso era silagem de capim-elefante contendo bagaço de caju desidratado. Adotou-se um DIC com dois tratamentos (fornecimento da ração 1 ou 2 vezes por dia) e dez repetições (caprinos). O consumo de matéria seca, em gramas por animal dia foi afetado pelo sistema de arraçoamento, sendo maior para o tratamento 1x/dia. Este resultado pode ser explicado pelo fato do peso médio dos animais diferirem para os dois sistemas, sendo maior para os animais do sistema de arraçoamento 1x/dia. Os consumos voluntário (CMS), expressos em %PV e g/UTM, não foram afetados pelo sistema de arraçomento apresentando valores médios de 3,5 e 74,23 respectivamente. O ganho de peso total não foi afetado pelos tratamentos, com média de 8,78 kg ao longo do período experimental. Essa ausência de efeito é conseqüência do ganho médio diário que não diferiu entre os sistemas de arraçoamento. O desempenho produtivo dos caprinos no presente experimento foi satisfatório, ainda mais por se tratarem de animais do tipo SPRD (sem padrão racial definido). Conclui-se que os sistemas de arraçoamento não afetaram nem o consumo nem o desempenho dos caprinos confinados. Portanto, recomenda-se o fornecimento da ração uma vez ao dia, já que implica em menor custo com mão-de-obra no sistema de produção. Palavras-chave : ganho médio diário, ganho de peso total, subprodutos da agroindústria, unidade de tamanho metabólico Intake and performance of feedlot goat fed with two feeding systems, based on elephant grass silage containing dehydrated cashew bagasse  Abstract:  The effect of two feeding systems on the intake and performance of feedlot goat was evaluated in a completely randomized design with two treatments (1 or 2 feeding rations per day) and ten replicates (periods or goats, respectively. The voluntary intake was affected by the feeding system, being bigger it 1x/day. This result can be explained by the fact of the average weight of the animals to differ for the two systems, being bigger for the animals of the 1x/day system feeding. The intake voluntary (DMI), expresses in %PV and g/UTM, had not been affected by the feeding system presenting average values of 3,5 and 74,23 respectively.The total weight gain was not affect by treatments during the experimental period was 8,78 kg, on average, without feeding systems effect. This is a consequence of the absence of the average daily gain, which did not differ between the treatments. The goat performance in this study was very high, mainly because of the use of animals without defined breeding pattern (SPRD). It can be concluded that the feeding systems did not affect the intake nor the performance of fedlot goat. As a consequence, the use of only one feeding ration per day should be recommended, as it implies in low labor costs. Keywords:  average daily gain, total weight gain, agroindustrial byproducts, metabolic size unit Introdução Um dos principais entraves da caprinocultura no Nordeste brasileiro são os baixos índices produtivos que são decorrentes da predominância de sistemas de criações extensivas, onde o recurso forrageiro nativo constitui-se na principal fonte de alimento, e que na maioria das vezes, ocorrem grandes variações na disponibilidade de forragem ao longo do ano. Uma alternativa já consolidada é a conservação do excesso de forragem no período chuvoso na forma de silagem, sendo o capim-elefante Pennisetum purpureum  Schum.    2 uma das gramíneas mais cultivadas na região e utilizadas para este propósito. Contudo, ele possui limitações quando destinado à ensilagem, em virtude do seu baixo teor de matéria seca. Uma das alternativas para diminuir essa limitação seria a utilização de subprodutos da agroindústria, destacando o bagaço de caju desidratado, que é um subproduto da extração do suco do pseudofruto do caju (Ferreira et al., 2004). O uso racional do sistema de confinamento também pode ajudar a contornar os problemas produtivos com a possível redução de custos com o uso de materiais alternativos, como os subprodutos da agroindústria e a possibilidade de redução de trabalho com o manejo alimentar dos animais. Portanto, este estudo foi conduzido para avaliar o efeito de dois sistemas de arraçoamento sobre o consumo e desempenho de caprinos terminados em confinamento alimentados com rações cujo volumoso era silagem de capim-elefante contendo bagaço de caju desidratado.  Material e Métodos O experimento foi conduzido no Núcleo de Ensino e Estudos em Forragicultura do Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará - NEEF/DZ/CCA/UFC (www.npf.ufc.br), em Fortaleza-Ce. Os tratamentos consistiram de dois sistemas de arraçoamento: 1x/dia ou 2x/dia, num delineamento inteiramente casualizado com oito (períodos de avaliação, para os dados de consumo) ou dez repetições (caprinos, para os dados de desempenho). Foram utilizados 20 caprinos SRD, inteiros, vermífugados, sendo sorteados dez para cada tratamento. Os animais eram mantidos em confinados em baias coletivas. As baias eram providas de bebedouros e cochos para suplementação mineral e para a dieta fornecida. Foram avaliados dois tratamentos: fornecimento de ração uma vez ao dia, às 17:00h, e fornecimento de ração duas vezes ao dia, às 17:00h e às 8:00h (onde o total fornecido nessas duas refeições equivalia ao fornecido na única refeição do tratamento anterior, sendo 40% do total pela manhã e 60% à tarde). A ração era constituída de volumoso à base de silagem de capim-elefante com 15% de bagaço de caju e ração concentrada à base de milho, farelo de soja e uréia. A quantidade do alimento ofertado foi ajustada diariamente, pela tarde, pesando as sobras e calculando o próximo fornecimento em função das mesmas, de modo a possibilitar sobras de, aproximadamente, 15% do total ofertado no dia anterior. A proporção volumoso:concentrado era de 55:45, sendo homogeneizada na hora que a dieta era ofertada para os animais. O consumo foi medido na média dos registros de quantidade de ração fornecida e quantidade de sobra a cada dia, fazendo-se a média da semana e calculando-se a média por animal. Em seguida, foi calculado o consumo em percentual do peso vivo, tendo como base as pesagens semanais dos animais. Também foi avaliado o consumo em gramas por unidade de tamanho metabólico, divindindo-se o consumo médio diário em gramas para cada período e na média dos dez animais pelo peso metabólico médio daquele grupo de dez animais. Os dados foram avaliados por meio de uma análise de variância e teste de comparação de médias. A comparação de médias foi efetuada utilizando-se o teste de Tukey, ao nível de 5% de probabilidade. Como ferramenta de auxílio às análises estatísticas, utilizou-se o procedimento GLM, do pacote computacional SAS (SAS Institute, 2003). Resultados e Discussão As variáveis relacionadas ao consumo voluntário (CMS) estão apresentadas na Tabela 1. O consumo de matéria seca, em gramas por animal dia foi afetado (P>0,05) pelo sistema de arraçoamento, sendo superior para o tratamento 1x/dia. Este resultado pode ser explicado pelo fato do peso médio de todos os animais ao longo do período experimental diferirem para os dois sistemas, sendo maior para os animais do sistema de arraçoamento 1x/dia com peso médio de 21,75 kg, enquanto que para o sistema de arraçoamento 2x/dia foi de 18,46kg. O CMS em porcentagem do peso vivo e em gramas por unidade de tamanho metabólico não foi afetado (P>0,05) pelo sistema de arraçoamento, com média de 3,5% e de 74,23g/UTM. Essa semelhança de consumo para os dois sistemas de arraçoamento é inesperada, pois esperar-se-ia maior estímulo ao consumo no arraçoamento dividido em duas refeições diárias. O CMS em %/PV e g/UTM obtidos no presente trabalho podem ser considerados bons, se comparados com valores obtidos por Cândido et al. (2006), estudando dois sistemas de arraçoamento utilizando silagem de capim-elefante contendo bagaço de caju na dieta de ovinos SPRD (sem padrão racial definido), que foram de 1,4%PV e 25,4 g/UTM. Há que se destacar, entretanto, que os valores obtidos no presente trabalho foram inferiores aos do valor padrão (feno de alfafa), que é de 80 g/UTM (Crampton, 1957). As variáveis relacionadas ao desempenho dos animais estão apresentadas na Tabela 1. Observa-se que o ganho médio diário não foi afetado (P>0,05) pelos sistemas de arraçoamento, tendo apresentado um valor médio de 156,83 g/animal x dia. Este resultado é conseqüência da ausência de efeito dos sistemas de arraçoamento sobre o consumo, já que o ganho de peso diário é conseqüência da quantidade ingerida e da densidade energética da ração, variáveis que não foram afetadas pelos tratamentos impostos. O ganho de    3 peso total não foi afetado (P>0,05) pelos tratamentos, com média de 8,78 kg ao longo do período experimental. Essa ausência de efeito é conseqüência do ganho médio diário que não diferiu (P>0,05) entre os sistemas de arraçoamento. A D12 não foi afetada pelos sistemas de arraçoamento (P>0,05), com um valor médio de 79,27 dias para o ganho de 12 kg de peso vivo. Analisando os dados de desempenho de modo global, observa-se uma boa resposta dos animais ao arraçoamento, independentemente dos tratamentos. Braga et al. (2003), avaliando o efeito da castração sobre o ganho de peso e características da carcaça de caprinos SPRD, observou um GMD de 94,57 g/anim x d para os animais não castrados. Desta forma, pode-se afirmar que o desempenho produtivo dos caprinos no presente experimento foi satisfatório, ainda mais por se tratarem de animais do tipo SPRD. Porém, para que se confirme a utilização dessa ração com concentrado e silagem contendo bagaço de caju desidratado, deve ser feita uma análise econômica, levando-se em conta os custos gerados pelo uso diferenciado da mão-de-obra nos dois sistemas de arraçoamento. Tabela 1 – Consumo e desempenho de caprinos confinados e submetidos a dois sistemas de arraçoamento: 1 vez por dia (1x/dia) ou 2 vezes por dia (2x/dia) Sistema de Arraçoamento Consumo voluntário GMD GPT D12 g/anim x d % PV g/UTM g/anim x d Kg dias 1x/dia 767 A 3,52 A 77,0 A 142 A 7,96 A 86,0 A 2x/dia 647 B 3,49 A 72,5A 177 A 9,93 A 69,8 A CV (%) 12,8 6,6 7,6 18,3 18,3 16,5 GMD: Ganho médio diário; GPT: Ganho de peso total; D12: Dias necessários para o ganho de 12,0 kg de peso vivo; Médias na mesma coluna seguidas de letras distintas, diferem (P<0,05) pelo teste de Tukey. Conclusões Os sistemas de arraçoamento não afetaram nem o consumo nem o desempenho dos caprinos confinados. Portanto, o fornecimento do alimento apenas uma vez ao dia pode ser recomendado, já que implica em menor custo com mão-de-obra no sistema de produção. Literatura citada BRAGA, Z. C. A. C.; BRAGA, A. P.; VASCONCELOS, S. H. L. Efeito da Castração Sobre Ganho de Peso e Características da Carcaça de Caprinos SRD, Caatinga , Mossoró-RN, 16(1/2):13-15, dez. 2003. CÂNDIDO, M.J.D.; BESERRA, L.T.; MENESES, J.A.G.; SILVA FILHO, J.M.M.; FURTADO, R.N.Consumo voluntário e desempenho de ovinos confinados e alimentados com dois sistemas de arraçoamento, à base de silagem de capim elefante contendo bagaço de caju desidratado. IV congresso Nordestino de produção animal - SNPA. Anais… , Petrolina, PE, 2006. CRAMPTON, E.W. Interrelations between digestible nutrient and energy content, voluntary dry matter intake and th overall feeding value of forages. Journal of Animal Science , v.16, p.546-552, 1957. FERREIRA, A. C. H.; NEIVA, J. N.; RODRIGUEZ N. M. et al. Valor Nutritivo das Silagens de Capim-Elefante com Diferentes Níveis de Subprodutos da Indústria do Suco de Caju. Revista Brasileira de Zootecnia, v.33, n.6, p.1380-1385, 2004. SAS INSTITUTE. SAS system for windows . Version 9.1.3. Cary: SAS Institute Inc. 2003. 2 CD-ROMs.
Related Search
Similar documents
View more
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x